Helicóptero? Como tudo começou?!

Boa noite com muita alegria!!!

Amanhã vai ao ar nosso terceiro episódio da quinta temporada de Nalu pelo Mundo (toda segunda, 21:30h no canal Multishow)

E como essa historia do helicóptero aconteceu tão rápida, resolvi continuar nosso blog para contar melhor como surgiu essa idéia e como foram as gravações dentro do "Nalu Móvel"que foi o apelido carinhoso que demos ao nosso novo meio de transporte, um helicoptero modelo R44.


Desde que conhecemos aquele milionário excêntrico, o inglês Steve,  Pato ficou imaginando como seria buscar ondas inéditas pelo mundo...
Como o Hawaii é o lugar onde passamos a maior parte do ano ( de novembro a março) ele decidiu procurar uma escola de aviação para pilotos de helicóptero.

Encontrou a Mauna Loa, na ilha de Oahu e depois descobriu que essa escola era super conceituada no meio dos pilotos do mundo inteiro.

Eu sabia que não era facil e muito menos rápido como ele achava mas como não duvido de nada que venha dele, fui até a escola conferir.

A aula era quase particular, um professor só para ele que ensinaria a teoria e a pratica diariamente, isso tudo ja no primeiro dia de curso!

Como eu sei que desafio é com ele mesmo seria difícil ele não topar.

E lá foram 7 semanas intensas de muito estudo, dedicação, e na minha opinião o maior desafio de todos: dias sem surfar em plena temporada de ondas no Hawaii...

O estudo era em inglês o que se tornou ainda mais desafiante para um brasileiro que aprendeu a lingua por necessidade em viajens pelo mundo. Ler, escrever e só falar ingles o tempo todo.

Enquanto isso, Isabelle ia para a Rainbow School e eu nem acreditava que poderia ter um tempo livre só para mim sem gravar o Pato surfando ou cuidar da Isabelle. Em 4 anos essas seriam a minhas primeiras "férias"de mãe 24horas e cinegrafista quase 24h tambem :)

Acordava as 7:00h e quando o Pato já não tinha ido para a escola conseguia vê-lo no café da manhã. As vezes ele chegava fim de tarde, as vezes já estavamos na cama e ele ainda sentava para estudar ao meu lado.
Nunca vi tamanha dedicação mas ele tinha que aproveitar ao maximo, logo teriamos que iniciar as gravações na America do Sul e as ondas iriam começar, ai meu Deus as ondas...O mal humor as vezes atacava mas com razão, era muito estudo todos os dias da semana e no caminho da escola ondas quebravam perfeitas.

O Hawaii não viu o Pato mas ele sim viu o Hawaii de uma maneira incrível, Oahu vista do céu era linda, com suas montanhas verdes, mar azul turquesa e bancadas com ondas perfeitas!

O curso foi concluido em tempo record segundo o dono da escola, a carteira de piloto privado chegaria em 2 semanas!

Durante essas 7 semanas alugamos uma casa junto com Morongo (proprietário da Mormaii e patrocinador do Pato) que tambem é piloto de helicóptero. Ele acompanhou tudo de perto, e ouvia as aventuras diariamente do novato quando voltava da escola. Ele, assim como eu, não acreditava que o Pato conseguiria completar esse desafio em tão pouco tempo.

E quando ele passou na ultima prova, fizemos festa! Churrasco, banho de champagne e planos para o futuro!
Morongo queria comprar seu segundo helicóptero e gostaria de importar a aeronave dos Estados Unidos.
Para que colocar num container se existem pilotos que trazem voando as aeronaves até o Brasil?

Foi aí que entrou a Familia Nalu! Poderiamos fazer esse "esforço", levando o helicoptero e gravando o programa Nalu pelo Mundo!

Precisavamos encontrar um piloto comercial experiente e que estivesse afim de encarar essa aventura e um helicoptero a gosto do cliente! A busca começou imediatamente!

Através de um site de vendas de aeronaves, Pato procurava o que mais se parecia com a situação. O piloto já conhecíamos, era o Steve que foi professor do Morongo em Maui nas aulas de pilotagem. Tinha que ser ele! Experiente, amigo do chefe, morava nos Estados Unidos e falava português! E ainda por cima já tinha feito uma viagem dessas levando um helicóptero para o Brasil! 30.000 H de vôo na carteira, eu ja cruzava os dedos, só faltava ele aceitar!

E quando a gente quer muito que uma coisa acontece só pensamos nisso, vizualizando tudo acontecendo, enviando energias positivas e...ele aceitou! Faltava a aeronave!

Um novo seria muito caro, mas tambem não poderia ser "velho"com muitas horas voadas...
Até que um dia apareceu ele: Robinson 44 Raven II Cliper, Prata, poucas horas de uso, com flutuadores em caso de pouso de emêrgencia na água, ar condicionado, ótimo equipamento GPS, com valor dentro do orçamento. Local: Boston. Mas isso era só um detalhe.

Pato entrou em contato com o proprietário e confesso que estar interessado em comprar um helicóptero não é uma coisa muito comum, ainda mais para nosso padrão de vida. Varios telefonemas via computador, uma logística enorme para importação, tranferencia de dinheiro e mil e outros detalhes, o Nalu Móvel estava escolhido, era nosso novo meio de transporte e teríamos que buscá-lo.

Pato e Steve trouxeram o R44 de Boston (que nesses dias nevava muito) até a Flórida, sobrevoando Nova Yorke e tirando onda ao redor da estátua da liberdade.

Eu e a Bela partimos do Brasil até a Flórida, ponto de partida para nossa viagem por Bahamas e ilhas do Caribe!

E isso foi tão rápido! As gravações eram para iniciar em março quando em novembro recemos a notícia que a temporada teria que ESTAR NO AR em março! Eu tinha apenas começado a produzir a viagem...

Quando percebi, ja estava dentro de um helicóptero que mais parecia uma casquinha de ovo com minha familia sobrevoando os mais lindos tons de azul do mar do Caribe!
Medo? Sim claro, mas a emoção de poder viver essa oportunidade era maior!


As roubadas conto no proximo texto, boa noite!

Bjs
Fabi




Comentários

Heloá Redondo disse…
Também fiquei surpresa com essa nova empreitada do Pato. Mas também fiquei bem contente por vocês. :)

Que coragem heim, Fabi?! As imagens são realmente lindas, mas dá um medinho.. hehe Nossa!

Boa noite, meus queridos! Beijos na Bela! ;)
Rodrigo disse…
Olá Fabiana, sempre assisto o programa;conhecer o mundo desse jeito é realmente
incrível..e o legal é que quem assiste o nalu também acaba conhecendo, através de vocês, pessoas e lugares extraordinários né.. Escrevi para dar uma dica e fazer um convite: BONITO. Me chamo Rodrigo, tenho 21 anos, moro em Campo Grande-MS e sabendo o quanto gostam de natureza tinha que mandar essa mensagem(escrevi aqui porque não tenho facebook). Caso não conheça, Bonito é um pequeno município a 300km de Campo Grande, eleito pela décima vez consecutiva em 2011 o melhor destino de ecoturismo do Brasil. O lugar deixa qualquer um de boca aberta: rios que estão entre os mais transparentes do planeta, grutas como a do lago azul, abismos, descida de bote em cachoeiras, etc..Venham conhecer, com ou sem o programa, porque vale muito a pena..eu conheço poucos lugares do mundo,mas tenho certeza que a beleza surpreenderá até mesmo vocês. Dá uma olhada no youtube, rios como o formoso ou o da prata..deve ter bastante coisa, e se quiserem ver as fotos que tirei lá, ou dicas sobre passeios, hospedagem, comida,etc, meu e-mail é: rodrigorockgol@hotmail.com. Aqui infelizmente não tem onda, mais seria uma felicidade muito grande recebê-los...um abraço família nalu!!
Lu e Aru disse…
Estou amandoooo poder ler tudo... tin tin por tin tin!
hahahahahahahahhaha
AMO o programa... e já vi que vou ficar viciada em olhar esse blog!!!
Espero que continue atualizando... :D
Beijos, Lu.
http://luearu.blogspot.com.br/
Mayara Limeira disse…
Olá Fabiana, Pato e Bela, parabéns pela nova temporada pessoal. Acho que ela descreve bem o que este programa apresenta para quem assiste: VIDA. Este amor entre vocês e por cada coisa que aparece no caminho é realmente único.

"Há braços"!

May Limeira

Postagens mais visitadas deste blog

Trilha Sonora

DICAS TAHITI

GRANADA - Ilha das especiarias