ALAGOAS

Chegamos na famosa Praia do Francês em Maceió. Linda, animada e lotada de turistas!
Mas onda que é bom nada, só vento.
Acho que o Pato deveria tentar ser kitesurfista, pelo menos no Brasil, eita lugar para dar vento!

Fomos conhecer a pesca local na Lagoa Manguaba, um lugar bem legal para passear de barquinho, jet ski e almoçar a beira da lagoa.

A pesca era diferente de tudo que já tinhamos visto. Na lagoa os pescadores fazem uma espécie de "armadilha" com galhos que formam círculos e jogam comida para que os peixes entrem e fiquem presos. Depois de alguns dias, eles voltam com redes, cercam o local e vão retirando os galhos. Enquanto isso os peixes saltam, batem nas redes e caem dentro das canoas, bem bonito de ver e perigoso de levar uma "peixada", como o Pato levou rsrs.


                                                                       Pesca local




                                                                  Lagoa Manguaba



Almoçamos no famoso Bar do Pato e provamos a especialidade: Casquinha de Siri! Que delícia!

O por do sol na Praia do Francês é lindo e foi lá que terminamos nosso dia, com algumas ondinhas para o Pato se divertir.

                                                                  Praia do Francês


Nosso amigo e surfista profissional, Bernardo Pigmeu morador local, nos convidou para jantar num restaurante que AMAMOS! Fica em Maceió, chamado Wanchaco, culinária peruana de primeira, inesquecível! Um dos melhores que conhecemos em toda a viagem. Lugar lindo, aconchegante e a comida então...que saudades das "conchitas".

Bem, como as ondas não apareciam,  nos informamos sobre as coisas interessantes para se fazer por lá e muita gente nos perguntava se conhecíamos a cidade de Piranhas.
Todos falavam super bem, que ficava a beira do Rio Sao Francisco, que parecia um presépio de tão pequena e bonitinha.

Achamos interessante conhecer e por que não fazer algo legal no famoso Rio São Francisco?
Pedimos emprestado duas pranchas de Stand Up, que foram levadas por uns amigos de carro até lá e fomos sobrevoando o rio, que é lindo!!!


                                                      Sobrevoando o Rio São Francisco



                                                                  com suas cores....


                        Comandante Teixeira, nos proporcionando emoções inesquecíveis!



Desde o mar seguimos o rio observando a mudança de cores, azul, verde, com suas cidadezinhas, igrejas, plantaçõese barquinhos. Tivemos o privilégio de sobrevoá-lo e foi inesquecível!

Lá estava Piranhas, como nos disseram, com suas casinhas coloridas, sua igrejinha e sua beleza única! Pousamos no campo de futebol da cidade e fomos super bem recebidos!

                                                                 Cidade Piranhas




Em Piranhas fica o famoso Canion do Xingó, uma paisagem realmente impressionante!

A história do cangaço é muito forte por lá, á 8 km da cidade de Piranhas, Lampião e Maria Bonita foram encontrados, mortos e tiveram suas cabeças expostas na cidade. É comum você ver essa foto em cartões postais na cidade, o que não tive como esconder da esperteza da Belinha. Minha explicação foi que eram bonecos...

                                                               Rainha do Cangaço


                                                                 Museu do Cangaço



Bem era hora de planejar nossa aventura! Nos hospedamos em um Hotel onde tínhamos toda a visão do rio e da cidade. E ainda podíamos observar o Nalu Móvel que virou a atração da cidade.
Toda manhã tomávamos café com essa vista linda!

                            Hotel e restaurante Pedra do Sino, olha o Nalu Movel lá em baixo!



Á 40 minutos (de carro) de Piranhas fica a parte linda dos canions e nos disseram que lá vivia um "personagem", Sr. Zé Francisco, um senhor de 73 anos aventureiro, que fazia rapele tiroleza. Lá fomos nós, como chovia muito fomos de carro levando as pranchas. O objetivo era remar no rio e se aventurar com Seu Zé Francisco.

                                             Hotel Mirante do Talhado, do Sr. Zé Francisco



Chegamos no Mirante do Talhado e  fomos recebidos por ele e sua esposa Dna. Inácia.
Eles moram ali e construíram 4 chalés com um visual maravilhos dos canions. Lugar simples, comida simples mas com uma beleza pouco vista.

Logo que Seu Zé Fco. nos convidou para o rapel. Perguntamos se era possível descer com as pranchas enormes de SUP e remos e ele nos disse que somente com cordas... lá vinha aventura.

Belinha feliz, não parava de dizer que faria rapel. Nenhum de nós tinha praticado e essa era a única maneira de chegar até o rio. Descemos as pranchas com cordas e lá fomos nós!

                                  Nos preparando para a descida, Sr. Zé Francisco e Rodrigo



                                                         Pato na companhia do Sr. Zé Fco.


Pato desceu junto com o Seu Zé Fco e foi só alegria! Incrível a disposição dele com 73 anos! Agora vinha a pior parte, eu que estava com medo e a Belinha que estava vibrando de alegria!

Fomos com o Rodrigo, um guia especializado em rapel que nos disse que não teria problema algum em descer com a Bela, ele estava preocupado comigo rsrsr

Na hora que pendurei meu corpo para dar o primeiro passo e começar descer a parede (70m) minha perna tremeu! Nem olhei para baixo, só me conceitrei na parte de pedra que estava na minha frente e na minha filha que descia ao meu lado, presa no Rodrigo, feliz, sem demonstrar um pingo de medo.

                                                  Bela, corajosa, pronta para a descida



                                                                 Que adrenalina!



E foi muito legal nossa descida, a beleza ajuda superar o medo e agora sim poderíamos remar no rio.

Foi lindo! Piranhas foi um dos nossos pontos preferidos da viagem, a beleza dos canions, as águas do Rio São Francisco, a simplicidade daquele lugar que guarda uma beleza tão grandiosa... foi uma parte inesquecível da nossa viagem pelo Brasil.



Estávamos no meio do sertão e a chuva caía sem parar no dia seguinte... voltamos para Piranhas mas com aquela sensação de que precisávamos retribuir tudo o que o Sr. Francisco nos proporcionou...
A chuva passou e Pato decidiu voltar de helicóptero até a casa do Sr. Francisco para levá-lo voar sobre a sua terra.

E lá fomos nós! Sr. Francisco e Dna Inácia eram só alegria, acho que nunca eles imaginaram que alguem pudesse pousar na casa deles e convidá-los para um vôo sobre os canion do Talhado, lugar onde vivem e conhecem cada detalhe. Mas essa visão que proporcionamos, esse momento, tenho certeza que foi inesquecível para eles.. assim como foi para nós também :)


                                                Nós com Rodrigo, Sr. Zé Fco. e Dna Inácia


Nossa temporada Brasil começou a ser reprisada! Toda terça, 21:30h no Multishow você pode acompanhar nossas aventuras. Hoje tem o segundo episódio, pororoca fomos nós!



POR ONDE PASSAMOS E GOSTAMOS!

PRAIA DO FRANCÊS:

Pousada Capitães de Areia: http://www.capitaesdeareia.com.br/  Bem próximo á praia do francês com piscina e ótimo café da manhã. Ótimo para criança.

Restaurante Parada de Taipas. Comida local, preparada pelo proprietário. Ótimo ambiente.

Bar do Pato:http://bardopato.com.br/. Para quem gosta de um lugar agitado á beira da lagoa com comida muito boa!

Padrino Restaurante. Aconchegante, pequeno, ideal para um jantar romântico.


PIRANHAS:

Hotel Pedra do Sino: https://www.facebook.com/PedraDoSinoHotel 
Visão panorâmica da cidade e do Rio São Francisco, um charme!

Restaurante Flor de Cactus: https://www.facebook.com/PedraDoSinoHotel
O restaurante fica ao lado do hotel, para quem se hospeda nele, o café da manhã é delicioso e de brinde o mesmo visual panorâmico. As refeições são deliciosas também. Não deixe de provar o queijo coalho, uhhh

Hotel Mirante do Talhado: http://www.mirantedotalhado.com.br/
É o hotel do Sr. Zé Francisco, simplicidade total mas você não sentirá falta de nada mesmo! Café da manhã caseiro feito pela Dna. Inácia e passeios inesquecíveis!

Estação Aventura: http://www.mirantedotalhado.com.br/index.php/atividades/rapel
O Rodrigo ajuda o Sr. Zé Francisco, foi ele que nos encorajou a descer de rapel o canion e levou a Belinha com total segurança!






Comentários

Nariane disse…
Fabi maravilhosa essas fotos! Que passeio incrível!
To amando essa temporada Brasil, tá tudo de bom!!
Já ansiosa para o próximo post.
Beijos para toda a família Nalu!
Anônimo disse…
Fiquei emocionada com esse episodio parabéns.
bjs Familia Nalu.
Sensacional a felicidade que vocês proporcionaram ao Sr. Francisco e a Dona Inácia. Parabéns.
Heloise Barros disse…
Confesso que também me emocionei com o episódio Fabi, sou fã do programa, acompanho faz tempo e este foi especial demais, pois sou nordestina, sertaneja e nascida em uma cidade rodeada pelo Rio São Francisco chamada Paulo Afonso.
Vcs estão de parabénss mesmooooo pelo programa, amei!!
Anônimo disse…
LINDO SIM NOSSA CAPITAL ALAGOANA É UMA TERRA DE PRAIAS MARAVILHOSA E MUITO MAIS!!! ALAGOAS É TUDO DE BOM..... POR ISSO TEM ORGULO DE SER ALAGOANA!!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Trilha Sonora

DICAS TAHITI

GRANADA - Ilha das especiarias